Uma edição para agradecer - Editorial

O ano de 2021 mal começou e já parece ter durado um ano inteiro.

OBRIGADO! Agradecer aos profissionais da linha de frente é importante, mas fazer a nossa parte também

O que diria Mario Quintana ao ver que seguimos, mesmo que de maneira torta, o seu conselho de que "A gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa"? Nunca saberemos, mas durante algum tempo tivemos a impressão de que infringíamos as regras ao cruzar a soleira da porta ou o portão de entrada. E contrariar as normas, nesse caso apresenta um risco muito grande: ficar doente e transmitir aos demais.

MEI são quase 12 milhões de PJ no Brasil

O formato de tributação do Microempreendedor Individual (MEI) surgiu há 12 anos para atender a uma significativa parcela da população que já era ativa economicamente, mas vivia na informalidade enquanto contribuinte. Com a finalidade de trazer a coleta de impostos desses serviços e produtos foi então criado o MEI, com uma série de atividades e benefícios, entre eles, legalizar o seu negócio, seja ele voltado para produtos ou serviços. O Estado, por sua vez, passou a ter mais uma fonte de tributos para os cofres dos entes federativos.

O Covid e as escolas - Andréia Baldissera

Sim, finalmente a vacina está chegando... E aí a pessoa pensa: “que bom... todo mundo vacinado, as aulas presenciais podem retornar...” Só que não: as crianças não foram nem incluídas nos estudos das vacinas e mesmo que fossem, na ordem de prioridades: seriam as últimas!

Um Café Para Dois - Bolinha Antonio Carlos Pereira

Eu hoje acordei pensando em um sonho que tive à noite. Cara, foi demais: enquanto o pessoal passava o som antes da apresentação que o Paul McCartney ia fazer na nossa rua, ele veio aqui em casa tomar um café. Ele ia cantar aqui na rua mesmo, pois foi demolido o Estádio onde, em 1967, o Roberto Carlos cantou no escuro.

A história do audiobook e porque ele não é tão novo assim

Eu posso não me considerar do tempo que o rádio era o principal meio de informação entre as pessoas, mas sei claramente que, nesse tempo, além das notícias, esse meio de comunicação era também um meio de entretenimento, não só por divulgar as músicas mais ouvidas e mais famosas, mas também, vejam se recordam, das radionovelas. Eu não sou desse tempo, mas quem não conhece?

O colecionador de Sacis - Andriolli Costa

Andriolli Costa coleciona sacis. Não estamos falando sobre um homem matuto ou de alguém com Síndrome de Peter Pan. Pesquisador e jornalista, Andriolli é natural de MS, mestre em Jornalismo pela UFSC, doutor em Comunicação e Informação pela UFRGS e atualmente cursa o estágio pós-doutoral em Crícia Cultural na UNEB. Desde 2015 edita o site O Colecionador de Sacis e publicou um livro homônimo em 2020. A convite da Êxito, conversou conosco sobre o folclore e seus outros trabalhos.