Foco no que você sabe fazer


Você pesquisa antes de comprar um produto? A confiança está no centro das relações comerciais e é uma poderosa ferramenta para balizar decisões de compra. Compramos um produto porque confiamos em uma marca, porque já usamos algum similar, porque vimos boas avaliações a respeito ou porque acreditamos na publicidade da empresa. Também compramos porque somos convencidos de que precisamos ter aquele produto, seja para estar na moda, seja para nos sentirmos bem. Mas e na hora de contratar um serviço, você tem o mesmo cuidado?

É muito comum encontrar pessoas que pesquisam sobre os produtos antes de comprar. No caso de maquiagens, por exemplo, pipocam no YouTube canais ensinando a utilizar produtos ou fazendo resenhas de bases, paletas de sombra ou de kits completos que você provavelmente não arriscaria comprar para passar no rosto antes de ter um comparativo. A demanda por opiniões sobre produtos e indicações de uso é tão grande que influenciadores de todo tipo adquiriram o status de celebridades na internet. Afinal, compramos o que eles indicam e as marcas sabem disso.

Mas e na hora de contratar um serviço, você faz o mesmo tipo de pesquisa? É bastante comum que os fornecedores dos serviços utilizados por seu influenciador favorito estejam em uma região específica como Rio de Janeiro ou São Paulo e seja preciso contratar um fornecedor local. Isso não significa, de modo algum, que o serviço não seja o mesmo. O interior do país mantém a economia ativa e fornece opções de serviços com qualidade igual ou até mesmo superior e preços até mais competitivos. Então porque ainda insistimos em contratar serviços não especializados ou até mesmo em não contratar serviço algum?

Ainda é bastante frequente o número de pessoas ou empresas que acreditam que conseguem fazer tudo e terceirizam ou contratam especialistas apenas quando têm algum problema sério para enfrentar. Esse é o nosso caso, quando compramos passagens aéreas diretamente no site da companhia e não com uma agência de viagem especializada que poderia resolver todos os problemas de remarcar vôos, reagendar a reserva de hotéis e passeios diversos enquanto a gente só se preocupa em arrumar as malas e pagar os boletos. Ah, o boleto! Ao contrário do que se imagina em um primeiro momento, contratar uma empresa especializada em prestar um determinado serviço pode sair mais barato do que resolver tudo sozinho.

A crença de que conseguimos fazer o serviço do outro ou que aquilo que o outro profissional sabe fazer (e cobra por isso) não é tão difícil assim está mais enraizada em nós do que imaginamos. Que atire a primeira pedra quem nunca minimizou o trabalho de outros prestadores de serviços dizendo que “cobra muito por uma coisa simples, que pode ser resolvida em pouco tempo/com pouco esforço”. O pano de fundo para esse tipo de atitude é a nossa falta de compreensão sobre a complexidade do trabalho alheio. E infelizmente isso é bem comum.

O que ainda não nos demos conta na maioria das vezes que lançamos esse olhar reducionista para as outras profissões ou serviços é que muitos dos grandes líderes ou influenciadores que admiramos se tornaram grandes justamente porque confiaram parte do trabalho para as pessoas que sabiam o que estavam fazendo. Não querer abraçar tudo é a verdadeira chave para focar naquilo que você realmente é bom ou precisa fazer no momento.


Matérias Relacionadas
COMENTÁRIOS