Sua pele saudável sob a máscara


O abafamento causado pelo uso contínuo de máscaras podem provocar acne, rosáceas e irritações até em peles não muito sensíveis, mas o estresse causado pelo momento de tensão que atravessamos também contribui para o desenvolvimento de problemas dermatológicos. Para manter a sua pele mais saudável, elaboramos um pequeno e fácil guia de cuidados sem negligenciar o vírus.

Até o verão passado era difícil imaginar o rito de encaixar os elásticos na orelha e ajustar a máscara no nariz. Neste verão, no entanto, já incorporamos o uso de máscara na nossa rotina. Essencial para frear a transmissão do coronavírus, a máscara facial, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, pode causar ou piorar problemas de pele como acne e inflamações.

A pele é a barreira corporal sob a máscara e por isso reage ao seu uso contínuo. O abafamento causado pelo tecido ou outros materiais usados na confecção de máscaras podem levar a inflamações no tecido facial e aumento da secreção sebácea. É necessário frisar que, apesar de estudos confirmarem que as máscaras aumentam os problemas dermatológicos no rosto de adultos durante a pandemia, esse não é o único fator, questões emocionais também influenciam muito. A situação de insegurança e tensão causada pelo momento leva ao estresse, aumentando a produção de cortisol, hormônio que pode levar a uma piora do quadro de acne.

Todavia, existem alguns cuidados que podem ser tomados para que esses problemas cutâneos não se manifestem com frequência. Listamos os pontos principais:

- Lavar o rosto com sabonete adequado ao seu tipo de pele (seca, mista ou oleosa) duas vezes por dia (lavar o rosto excessivamente também pode causar problemas, como o efeito “rebote”, quando a pele começa a produzir mais óleos para evitar o ressecamento);

- Hidratar a região com um creme próprio e de acordo com o seu tipo de pele antes de colocar a máscara ajuda a evitar o atrito entre a pele e o material;

- A pele deve estar sempre seca e limpa quando for colocar a máscaras;

- Evitar lavar o rosto com água quente e produtos com grande concentração de etanol na composição;

- Retirar completamente os resíduos dos produtos usados para higienizar máscaras reutilizáveis;

- Não passar maquiagem quando usar a máscara para não piorar a obstrução dos poros.

Apesar de estar com o rosto parcialmente coberto, se ainda assim for usar maquiagem é importante priorizar produtos que tenham um efeito menor de oclusão (abafamento) dos poros, e, principalmente, não exagerar na quantidade. Caso você use algum cosmético líquido é importante esperar que ele seque antes de colocar a máscara. Não se deve colocar a máscara em uma região úmida.

Reparar a pele ao chegar em casa é possível mantendo uma rotina básica de higiene e hidratação. Em caso de dermatite, acne ou qualquer outra lesão lembre-se de consultar sempre um especialista.

 

Thais Eloy
thais.eloy@gmail.com


Matérias Relacionadas
COMENTÁRIOS