Tosse não é doença!

Muita gente acha que tossir é um problema, mas não: a tosse faz parte do processo de resolução de algum problema! Ninguém gosta de tossir!⁣ Mas ela tá lá por um motivo!⁣

Mitos e verdades em pediatria

Sabe aquela dica que todo mundo dá quando você tem bebê pequeno? Será que é verdade ou mito? Se você está em dúvidas sobre o que acreditar e o que fazer, chegou a hora de ter informações práticas e científicas bem diretas.

Corona: por que nem os especialistas entendem?

Parece que ninguém sabe o que está falando. Primeiro não era para usar máscara agora é; O pico será em março, ou abril, talvez maio, mas de julho não passa; a doença que só matava idoso, impede as crianças de ir à escola; o vírus que parece gripe com perda de olfato, ou pode não ter nada, ou qualquer coisa; Cloroquina parece que funciona ou talvez não.

"Virose": E agora?

O povo chama de “virose”, porque na maioria das vezes é, mas o nome correto seria gastroenterite aguda. É aquela doença chata que causa os vômitos e as diarreias, bem comuns no verão. Elas podem ser causadas por vírus, mas também por bactérias, por parasitas, por intolerância alimentar e até por remédios. Comum e aparentemente inofensiva, mata 2 milhões de crianças por ano. E o principal mecanismo envolvido é a desidratação. Então, foco na hidratação! Se estiver só com diarreia: beba líquidos e dê preferência ao soro de reidratação oral. Se estiver com febre: controle a febre (sim: as gastroenterites podem cursar com febre). Se estiver com vômitos: controle os vômitos!

Coronavírus, e agora?

É um vírus novo, apareceu pela primeira vez na China no final de 2019. Por isso: COVID-19! O vírus tem um período de incubação de até 14 dias, mas na maioria se manifesta entre 3 a 5 dias e em aproximadamente 80% das pessoas a infecção não é grave. E em até 5% a doença é MUITO grave, com insuficiência respiratória. Indivíduos de todas as idades podem adquirir a doença. Não há predileção por sexo. O risco é maior em pacientes com idade avançada ou comorbidades (diabetes, doenças cardíacas, doenças pulmonares, hipertensão e câncer), pois nesses a gravidade e a letalidade são maiores.


Febre: e agora?

A febre é uma das queixas mais freqüentes nos pronto-atendimentos. Mas o que é? Por que ocorre? Quando medicar? E quando se preocupar?